Muitas pessoas se importam apenas com o aspecto estético dos óculos de sol, sem levar em consideração a sua procedência, o que pode ser bastante desastroso.  A venda de óculos de sol falsificados é bastante comum, seja no centro das cidades, praias, ou até mesmo no trânsito, todo mundo já se deparou com um vendedor ambulante vendendo óculos de sol falsificados. 

E as vendas são ótimas para esses vendedores, isso porque além dos preços bastante atrativos, os modelos são praticamente idênticos aos originais, exceto por uma coisa: a qualidade. Segundo a Associação Brasileira de Indústria Óptica, cerca de 30% dos óculos produzidos durante o ano no país são ilegais ou piratas, Ou seja, a maior parte desses óculos não possui as proteções necessárias para proteger os olhos dos raios UV.

Mas afinal, quais são os riscos de usar óculos falsificados?

São inúmeros os riscos de usar óculos falsificados, mas o maior deles é a exposição dos olhos às radiações, o que faz com que o aparecimento da catarata seja acelerado, bem como a degeneração macular – doença que prejudica a visão central. 

Quando se usa  óculos escuro, a pupila acaba se dilatando para absorver mais luz, o que abre caminho para mais radiação. Devido a isso, torna-se necessário que os óculos escuros possuam proteção contra os raios UV, pois caso contrário eles não protegerão nossos olhos da luz forte, sendo que essa deveria ser uma de suas funções principais. 

Quando uma pessoa faz uso de óculos de sol falso, a sua pupila acaba respondendo à escuridão de forma igual a outros óculos, no entanto ainda existe uma desvantagem a ser considerada: a proteção UV não existe, ou seja, é pior do que estar sem óculos no sol. Assim, os raios do sol acabam penetrando os olhos com muito mais facilidade, o que prejudica e danifica a retina

Além disso, usar óculos de sol falsificado pode acabar causando dores de cabeça muitíssimo fortes, bem como cansaço e desconforto na visão. Por isso, se você possui algum modelo de óculos falsificado em casa, por mais bonito e parecido com o original que ele seja, vale a pena repensar se compensa usá-lo e colocar em risco a sua saúde visual. 

Como escolher um bom óculos escuro?

Como já vimos até aqui, além das questões estéticas, óculos escuro de qualidade precisa oferecer também proteção aos seus olhos. Para isso, peça sugestões ao seu oftalmologista sobre o melhor óculos para você, além de se certificar de que o acessório realmente possui o certificado de qualidade. 

Lojas que vendem tanto óculos normais quanto escuros devem possuir o certificado de cada produto, por isso separe as marcas de boa procedência e invista nelas, sem dúvidas. O valor dos óculos de qualidade costuma ser um pouco mais alto se comparado aos falsificados, mas não pode nem ser comparado. Afinal, estamos falando de um produto de qualidade que não afetará a saúde dos seus olhos, muito pelo contrário, contribuirá para com a sua proteção. Ou seja, vale a pena o investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.