Os cuidados com a saúde envolvem diversos aspectos que abrangem o zelo geral com o corpo — e os olhos também merecem destaque. Para isso, é fundamental fazer exame de vista para evitar complicações ou doenças visuais.

O objetivo é avaliar a saúde dos olhos, o que permite identificar alterações que podem provocar doenças ou problemas de visão, como retinopatia diabética e glaucoma. A frequência desses exames pode variar de acordo com a idade e também depende da saúde da pessoa.

Se quer saber qual a importância de fazer exame de vista com regularidade, não perca o post. Boa leitura!

Qual a importância de fazer exame de vista?

O exame de vista é feito por um oftalmologista e tem a intenção de avaliar a capacidade visual dos pacientes, além de auxiliar no diagnóstico e na identificação precoce de doenças. De modo geral, existem diversos tipos de exames e é por meio deles que é possível tratar alguns problemas de visão.

No primeiro dia de vida dos bebês, por exemplo, é necessário fazer o teste do olhinho. Nesse caso, o médico projeta um feixe de luz no olho da criança e observa o reflexo das pupilas. Esse exame é capaz de detectar distúrbios que podem prejudicar a visão do bebê, como catarata ou glaucoma congênitos.

Já na fase adulta, existem diversos exames de vista que são indicados, como:

  • teste de vista OCT: verifica se existem doenças no nervo óptico, na retina e na córnea;
  • exame de refração: verifica possíveis erros na refração no olho, detectando presbiopia, astigmatismo, hipermetropia e miopia;
  • teste de Snellen: avalia o quanto a pessoa consegue enxergar de longe e de perto, observando letras em escalas de tamanhos.

Qual a frequência do exame de vista?

Os exames de vistas devem ser feitos uma vez por ano, independentemente da idade. No entanto, em situações específicas, como quando a pessoa tem problemas de visão ou usa óculos, esse tempo costuma ser menor e a periodicidade é indicada pelo médico.

Vale lembrar que depois dos 40 anos a visão já começa a dar alguns sinais de fadiga visual, problema bastante comum. Nessa etapa, pode surgir a presbiopia, conhecida também como vista cansada, que é provocada pela perda de flexibilidade do cristalino.

Assim, dependendo do problema visual, a frequência é maior, e a pessoa precisa ir ao oftalmologista de 2 a 3 vezes por ano.

Quais sintomas indicam que é hora de fazer um exame de vista?

Existem diversos sintomas que indicam a necessidade de consultar um oftalmologista e de fazer exames de vista. Veja, a seguir, alguns dos sinais mais comuns e que servem de alerta:

  • coceira nos olhos;
  • dores de cabeça frequente;
  • dificuldade em focar objetos;
  • sensibilidade à luz;
  • vista embaçada;
  • lacrimação em excesso ou olho seco.

Agora que já conhece a importância de fazer exame de vista, saiba que a escolha do oftalmologista também faz toda a diferença. Por isso, opte por um profissional renomado, consulte o currículo do médico e procure por locais de referência!

Gostou do post e quer ficar por dentro das nossas publicações? Então, siga-nos nas redes sociais. Estamos no Facebook e no Instagram!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.